Alto índice de assaltos à estação tubo motiva projeto de lei na Câmara Municipal de Curitiba
Alto índice de assaltos à estação tubo motiva projeto de lei na Câmara Municipal de Curitiba

Os inúmeros casos de assaltos aos coletivos e estações tubo, cada vez mais constantes e violentos, motivaram o vereador Cristiano Santos (PV), a apresentar o projeto de lei que institui a instalação do botão do pânico nas estações tudo de Curitiba.

Segundo levantamentos realizados pela URBS, de janeiro à 30 de junho de 2013, cerca de 859 assaltos foram registrados em Curitiba e Região. Nesse período o prejuízo estimado foi de aproximadamente R$112.519,65. A média de assaltos diários é de 8,05. No ano de 2012, os números chegaram a 1484 assaltos, com prejuízos superiores a R$ 200.000,00.

“O investimento na segurança dos funcionários que trabalham nas estações tubo, além de garantir mais tranqüilidade ao trabalhador, é uma forma de reduzir o prejuízo das empresas que oferecem o serviço na cidade e na Região Metropolitana. A redução do prejuízo pode implicar diretamente no valor da passagem, uma vez que quanto menor for à perda, maior poderá ser o repasse disso para os usuários com a redução do valor da tarifa do transporte”, comentou Cristiano Santos.

O botão do pânico a que faz referência o projeto, seria uma espécie de alerta integrado ao sistema de monitoramento Guarda Municipal e que, quando acionado, gera um sinal avisando para quem estiver de plantão que algo está acontecendo naquela determinada estação.Atualmente a Guarda Municipal de Curitiba em parceria à URBS, mantém 24h por dia uma equipe em ronda constante para cada regional a fim de garantir mais segurança aos usuários e funcionários do transporte público.

Esse serviço somado ao que dispões o projeto do vereador Cristiano Santos pode ser melhorado uma vez que as equipes poderão saber de forma mais ágil onde o delito está ocorrendo.

O projeto lido em plenário para ciência dos vereadores segue agora para as comissões temáticas da Casa onde será analisada a viabilidade de sua aplicação.

Conecte-se