Controladores de Tráfego e Obras na Sete de Setembro, fiscalização em dia!
Controladores de Tráfego e Obras na Sete de Setembro, fiscalização em dia!

Dois pedidos de informações encaminhados pelo vereador Cristiano Santos (PV) foram respondidos pela Prefeitura de Curitiba nesta semana, esclarecendo dúvidas a respeito dos controladores de tráfego instalados na cidade e das obras na Canaleta da Avenida Sete de Setembro, que pouco tempo após a conclusão, já apresentava defeito.O primeiro deles, e mais antigo, traz informações com relação aos valores de contratação do serviço de controle de tráfego. Segundo resposta oficial da Prefeitura, cada equipamento responsável pelo sistema monitoramento, que faz parte do Pac da Copa, teve o custo de aproximadamente R$ 8.200 (oito mil e duzentos reais), e que se deu por meio de duas licitações, a primeira realizada em 2011 quando foram contratados 140 equipamentos e a segunda no ano seguinte com a contratação de outros 146, totalizando 286 monitores de tráfego espalhados pela cidade. Os custos totais das instalações superam os R$ 2.000.000,00 (dois milhões de reais).

Para o segundo, a respeito da obra de revitalização da canaleta exclusiva dos ônibus na Avenida Sete de Setembro, que apresentou problemas de deformação no asfalto recém aplicado, Cristiano havia questionado o órgão a respeito da responsabilidade da empresa executora, valores gastos e garantia da obra.

Conforme questionado, em resposta o vereador foi informado que o valor do quilômetro asfaltado teve o custo de 1,15 milhões de reais, e que a obra compreendeu a extensão de 8,7km, o que representou um custo total de R$ 10,06 milhões. Com relação as responsabilidades e garantias da obra, a empresa responsável é obrigada a corrigir todo e qualquer defeito que venha a ser causado pela má execução do serviço e a garantia é de 5 anos.

“Precisamos ficar atentos a obras como essas. Os gastos da prefeitura precisam ser fiscalizados para que não haja má administração do dinheiro que sai do bolso do cidadão e tenham real utilidade para a cidade”, comentou Cristiano Santos.

Ajude o vereador: Ao verificar irregularidades na cidade, faça contato e indique o problema e o local onde foram verificados para que a solução possa ser buscada junto ao órgão responsável da forma mais breve possível.

Contatos